Gestão financeira para academias: o que é, para que serve e como fazer

Talvez você já tenha se deparado com uma resposta genérica do tipo: “gestão financeira é o conjunto de atividades e estratégias utilizadas para gerir os recursos financeiros de uma empresa, organização ou individuo”. Essa simplificação não está errada, mas com certeza está incompleta.

Quais são essas atividades? Quais as estratégias que devem ser seguidas e como traçá-las? Qual a importância da gestão financeira? Como isso se aplica a minha academia, box ou estúdio?

São algumas perguntas bastante comuns e muito razoáveis, que você já pode ter feito ou ouvido ao longo de sua trajetória como empresário ou gestor do mercado fitness. E que logo vão estar esclarecidas.

O que é?

Gerir financeiramente uma empresa é uma das preocupações mais básicas no que se refere a criação e sobrevivência de um empreendimento. Além de ser o que garante a possibilidade de crescimento e impede os déficits nos registros.

Quer segurança ao investir? Saber onde dá para economizar? Garantir sustentabilidade financeira a longo prazo? Ter um lucro concreto ao fim do mês? Então uma boa gestão financeira é do que você precisa.

Assim está esclarecido é o que é e o para que serve, além de uma introdução à importância de gerenciar corretamente as finanças

Como se faz?

Não há uma receita de bolo para gestão financeira. Cada negócio tem um conjunto de necessidades, operações, gastos e receitas e, por tanto, tem que criar estratégias particulares que contemplem suas próprias realidades.

No entanto, é possível listar algumas práticas que fazem parte do cotidiano de um gerente financeiro:

Planejamento: qualquer empreendimento precisa seguir estratégias e ter metas para alcançar. Quanto quer crescer, em quanto tempo, o que vai ser necessário para atingir esses números e o quanto tem disponível para arcar com isso, são algumas informações indispensáveis a qualquer planejamento financeiro.

Acompanhamento: a vida financeira de uma empresa envolve basicamente duas coisas: o que entra e o que sai. A grande questão é equilibrar isso para que, no fim do mês, tenha entrado mais do que saído. Colocar cada gasto e cada recebimento na ponta do lápis, no momento em que acontecem, é o melhor caminho para analisar o andamento da empresa.

Análise: Para saber o melhor momento ou se é possível investir em crescimento, é necessário não apenas analisar os números, mas comparar o andamento da empresa hoje, com o mesmo período em outros anos, ter uma noção básica sobre como serão os próximos meses e confirmar que as contas novas, somadas as antigas, não vão prejudicar o empreendimento a longo prazo.

Avaliação: Nenhum investimento vem com a certeza de um retorno positivo, mas ainda é necessário arriscar para crescer. O equilíbrio entre os dois pontos é saber avaliar os ricos, compará-los a possíveis benefícios e ter certeza de que, no caso de um projeto mal-sucedido, é possível se recuperar das repercussões.

Relatórios: apesar de serem parte do acompanhamento, os relatórios precisam de um tópico apenas para eles. Deixar registrados os dados obtidos de forma que eles se tornem práticos para avaliações e analises a curto e longo prazo, é essencial para o funcionamento da empresa e para garantir que ela continua gerando lucro.

Como isso se aplica à academia, box ou estúdio?

Uma empresa do mercado fitness ainda é uma empresa. Precisa ser rentável e não pode se tornar um prejuízo para seus proprietários. Se chegou até aqui então sabe: para isso é necessária uma gestão financeira bem-feita, controle do fluxo de capital, planejamento, avaliação de riscos e por aí vai.

No entanto, e indo além dos desafios e obstáculos comuns, um gestor ou empresário do mercado fitness tem um conjunto de problemas singular, típico do setor, com os quais lidar. Entre os quais:

Mensalidades: para oferecer serviços nessa escala, é necessário ter um registro sempre atualizado com os pagamentos e as promoções realizadas. Assim, sempre haverá certeza sobre quais alunos estão devendo e do valor desse débito, a inadimplência diminui e os relatórios não darão dor de cabeça.

Sazonalidade: Em certas épocas do ano, como verão e Carnaval, a preocupação do público com saúde e corpo em forma aumenta e as academias comemoram a lucratividade em alta. Na hora de planejar o orçamento do ano, ter isso em mente é fundamental para saber quando e como investir.

Crescimento: a tecnologia fitness está em constante evolução, equipamentos quebram, a demanda do público gera necessidade de gatos com inovação e manutenção. Para acompanhar é preciso investimento, saúde financeira e, obviamente, planejamento. Assim não há risco de gastar mais do que ter e isso prejudicar a empresa a longo prazo.

E o que é necessário?

Uma boa gestão financeira é o resultado da soma de alguns poucos fatores: paciência, disciplina, conhecimento em finanças, ferramentas e técnicas para análise e controle financeiro e organização. 

Manter os registros em dia e acompanhar constantemente as transações e números é metade do caminho. A outra metade é saber, ou contar alguém que saiba, analisar os resultados expressos no papel.  

A estratégia, outro ponto essencial, é causa e consequência para os números. Não há resultados sem um plano, mas é impossível criar um plano se o terreno é desconhecido. 

Para o mercado fitness, conhecer o mercado, ainda mais com a alta concorrência, é essencial para estabelecer preços e criar a estratégia orçamentária. Assim como saber o que há de novo em questão de tecnologia e o que o público está procurando na área.  

Uma dica: automação

Atualmente o mercado tem disponível muitas ferramentas que centralizam e automatizam processos da gestão financeira. Os sistemas ERP tem várias modalidades e níveis de complexibilidade, mas o resumo é que vão te poupar de vários processos repetitivos e diminuir os erros humanos. 

Mas atenção: se não alimentar o programa, ele não vai ter dados para computar. Isso ainda vai depender de um gestor. 

Conclusão 

Quando feita do jeito certo, a gestão financeira vai prevenir perdas de capital, gastos desnecessários e aumentar a lucratividade da sua academia, box ou estúdio. Além de possibilitar investimentos que vão fazer a empresa crescer. 

Manter os registros organizados e atualizados, não ter receio de investir em conhecimento, treinamento, profissionais e ferramentas e se manter atento ao que acontece na área fitness são boas formas de garantir que seu negócio fitness vai alcançar os resultados que você merece. 

Quer aprender a ter resultados de verdade com sua academia box ou studio? Conheça o GAP One DAY 

Deixe seu comentário:

Siga-nos nas redes sociais!

Por lá, temos outros conteúdos transmitidos gratuitamente. Para acessar, siga a GAP Group em sua rede social preferida.

Últimos posts

Nosso Facebook

Nosso último GAPCAST